Arquivo da tag: Séries de TV

Girl Power, baby: mulheres da ficção dignas de orgulho

Acho que escolhi o melhor momento pra falar sobre esse tema aqui no blog. Não que haja momento certo pra enaltecer as mulheres e seus papéis no mundo, ficcional e real, mas, dados alguns deploráveis e recentes acontecimentos, muito se discute sobre a figura feminina e a luta que a mulher trava, em maior ou menor grau, na sociedade para mostrar que ela pode muito mais do que acreditam. Não sou de sair por aí cometendo o erro de julgar tudo e todos como machistas; tenho, sim, inteligência o suficiente para admitir minhas fraquezas, vencer obstáculos para conseguir o que quero e escolher se e quando quero alguém ao meu lado. Sou humana, né? Exatamente como as mulheres da ficção que escolhi homenagear neste post.

Continuar lendo Girl Power, baby: mulheres da ficção dignas de orgulho

10 vezes Kate Beckett: meus momentos favoritos da personagem

De todas as séries que já assisti, nenhuma prendeu e prende tanto minha atenção quanto Castle. Mas, ei, diferente da maioria – como sempre 😀 ), não aconteceu assim por causa do escritor metido a detetive que dá nome ao show. Fiquei apaixonada pelo programa por causa da verdadeira estrela do espetáculo, uma personagem de ficção com a qual mais me identifiquei até hoje. Kate Beckett e eu temos muito em comum: gênio forte, teimosia, determinação, inseguranças, ceticismo, inteligência, senso de justiça, lealdade. E Stana Katic – a atriz mais linda que eu já vi e que me fez começar a ver Castle – a representa como ninguém mais poderia. Basta o olhar da personagem para eu sentir o que ela sente em cena – por isso, não foram poucas as vezes em que chorei, senti raiva, dor ou alegria junto com ela.

Continuar lendo 10 vezes Kate Beckett: meus momentos favoritos da personagem

Lu, é você? Personagens com os quais me identifiquei ao longo dos anos

Não me considero uma viciada em séries de TV, mas, certamente, sou uma super fã, do tipo que sabe em que temporada aconteceu tal cena, tal fala, quando um personagem chegou ou saiu, de que ano é uma série e por aí vai. E séries sempre me fazem conhecer músicas incríveis e personagens muito parecidos comigo. Daí eu viro fã mesmo, começo a seguir o ator / a atriz em redes sociais – alô, Era Cibernética! – e fico horas, às vezes, dias pensando no que está rolando com o personagem na ficção – é, sou dessas loucas, sim. 😛
Querem descobrir com quem mais me identifiquei ao longo desses anos? Vamos lá:
Continuar lendo Lu, é você? Personagens com os quais me identifiquei ao longo dos anos

Porque The Blacklist está caminhando cedo demais para o limbo

blacklist-si-l
OBS: POSSÍVEIS SPOILERS PRA QUEM NÃO ESTÁ VENDO A TERCEIRA TEMPORADA.
 Sou uma fã de séries de TV desde que assistia, aos 4 anos e nos sábados à noite, Star Trek com meus irmãos mais velhos em meados de 1990. Nos 26 anos seguintes muitas séries vieram e se foram, algumas das quais enfeitam as estantes do meu quarto hoje em lindos boxes – viva a modernidade! –, e várias vão me ganhando ao longo dos meses e dos anos.
 A última que comecei a acompanhar foi The Blacklist, que minha mãe já via desde o lançamento. Numa tarde resolvi por pra rodar o episódio 1×01 e, em questão de minutos, Raymond Reddington me conquistou. MEU DEUS, QUE PERSONAGEM BRILHANTE E INCRÍVEL!!! James Spader merece todos os elogios do universo por interpretar um sujeito que concentra em si beneméritos e deméritos o suficiente para ser chamado de humano ao pé da letra – afinal, ninguém é só bom ou mau.

Continuar lendo Porque The Blacklist está caminhando cedo demais para o limbo